fbpx

Lookalike: o que é e como usá-lo para melhorar seus resultados em marketing digital

5 ícones representando pessoas, sendo o do meio verde, enquanto os demais são brancos. No topo, o seguinte texto: "Lookalike: como usá-lo para melhorar seus resultados em marketing digital".

A comunicação segmentada é um dos pilares do marketing digital. Produzir conteúdos específicos, para públicos específicos, é o que torna suas ações de publicidade on-line mais assertivas, trazendo melhores resultados, com menos custos. Por isso, investir em campanhas de lookalike pode ser uma ótima opção para sua empresa. 

Usados, principalmente, no Facebook Ads (valendo para o Instagram também) e no Google Ads, os públicos semelhantes (lookalike) permitem aproveitar os algoritmos das redes sociais, das ferramentas de busca e informações dos seus bancos de dados para enviar campanhas de anúncios segmentadas para o público-alvo certo. 

Conheça essa ferramenta de marketing e como ela pode trazer mais clientes para o seu negócio. 

O que é o lookalike? 

Antes de falar sobre campanhas usando lookalike, precisamos entender o que elas são. 

Lookalike significa “parecido com”, “sósia”, em inglês. Então, como o próprio nome diz, públicos lookalike são públicos com características semelhantes às dos seus clientes ou potenciais clientes. 

Por exemplo: digamos que você queira fazer um anúncio segmentado no Facebook e precisa saber o melhor público para enviá-lo. Caso tenha uma lista com dados dos clientes da sua empresa no Excel, você pode mandar para o Face, indicando que essas são pessoas que costumam comprar seus produtos ou serviços. 

O Facebook irá analisar os dados e buscar usuários que tenham um perfil semelhante. Dessa forma, seu anúncio irá impactar pessoas com características mais próximas daquelas que já compram com você, o que aumenta suas chances de conseguir novos clientes dentro desse público. 

Que tipos de campanhas você pode fazer usando públicos lookalike? 

Normalmente, campanhas com públicos lookalike, ou públicos semelhantes, ocorrem em redes sociais e no Google. Veja algumas possibilidades para segmentar sua comunicação de maneira assertiva. 

Facebook e Instagram Ads 

O Facebook Ads e o Instagram têm recursos bem interessantes de campanhas de lookalike, que vão de utilização de listas com e-mails de clientes e leads qualificados, até interações no perfil. Veja alguns! 

  • Listas de clientes: é possível subir no Facebook uma lista de Excel com dados de seus clientes. Então, quando for segmentar o público do seu anúncio, você pode selecionar uma porcentagem do público segmentado (que vai de 1% a 10%) para ser formada por usuários com características semelhantes às das pessoas nessa lista. Sugerimos iniciar com 1%, para testar se esse lookalike realmente traz resultados; 
  • Listas de leads: da mesma forma, você também pode subir uma lista com informações de pessoas que deixaram seus contatos e mostraram interesse no seu produto ou serviço. No entanto, recomendamos colocar apenas aqueles leads mais qualificados, que já estão nas últimas etapas do funil de marketing. Em geral, públicos lookalike impactados com essa estratégia costumam trazer menos resultados que os das listas de clientes; 
  • Interações na página: você também pode usar como referência para a criação de lookalike públicos que executaram determinados tipos específicos de ações no seu perfil do Instagram ou do Facebook: enviaram mensagens, visualizaram seus vídeos por mais tempo, engajaram mais com as suas publicações, visitaram seu perfil, clicaram em um botão etc. A lógica é a mesma: a plataforma vai analisar o perfil dessas pessoas e enviar os anúncios para públicos semelhantes; 
  • Eventos de pixel do Facebook: o pixel do Facebook é um código que é ativado toda vez que alguém entra no seu site. Sua função é monitorar as ações do visitante, mostrando em quais botões ele clicou, quais páginas acessou, quanto tempo ficou, se ele colocou produtos no carrinho, chegou à página de pagamento, entre outras. Você pode usar como referência para sua campanha de lookalike pessoas que executaram determinada ação. Exemplo: chegaram à página de pagamento. 

Google Ads 

O Google Ads também permite subir listas com informações dos seus clientes ou leads mais valiosos, para agilizar o aprendizado da ferramenta e melhorar os resultados de diversos tipos de campanhas da plataforma. Confira!

  • Rede de pesquisa e guia Shopping (carrossel de produtos): otimiza os lances de Custo Por Clique (CPC) e agiliza o processo de aprendizado da plataforma, com base nas informações que você oferece sobre o seu público; 
  • Gmail: permite exibir anúncios personalizados na guia superior da caixa de entrada, em e-mails de clientes ou leads atuais e de outros consumidores em potencial, que tenham características semelhantes; 
  • YouTube: torna suas campanhas de YouTube Ads mais assertivas, de forma que elas alcancem usuários com características semelhantes às dos seus clientes ou leads mais importantes; 
  • Rede de display: permite criar anúncios personalizados, que serão veiculados em sites parceiros do Google, também para clientes atuais ou em potencial (com características semelhantes); 
  • PMax for Retail: a nova plataforma de anúncios do Google, que possibilita criar uma única campanha que será otimizada e automatizada para todas as outras plataformas (rede de pesquisa, display, YouTube, shopping, Maps etc.), permite usar listas de clientes para editar os algoritmos e acelerar o processo de aprendizado do Google. 

Além do upload de listas da sua própria empresa, o anunciante tem a possibilidade de usar listas de remarketing do Google como referência para o lookalike. Elas são  formadas por aqueles que já compraram no seu site, visitaram sua página, deixaram seus contatos ou executaram qualquer tipo de ação que você desejava. 

Basta criar uma lista de remarketing no Google, com todos os clientes que geraram conversões e selecionar esse público-alvo na hora de programar sua campanha de rede de pesquisa

O Google irá analisar o comportamento das pessoas que compõem a lista, verá quais são as buscas que elas fazem com mais frequência e exibirá seus anúncios nos resultados de pesquisas semelhantes. 

Digamos que você tem uma loja de roupas e criou uma lista de remarketing com internautas que clicaram no botão de “Comprar”. Então, resolveu criar um anúncio direcionado para um público lookalike, usando como referência essa lista. Se as pessoas dessa lista costumam pesquisar por “vestidos de verão”, por exemplo, o Google Ads exibirá seu anúncio entre os resultados dessa palavra-chave

A melhor parte é que o Google segue monitorando esses internautas e vai alterando sua estratégia conforme o comportamento e os tipos de buscas que eles fazem também vão mudando. 

Quer impulsionar suas vendas com o lookalike? 

Conte com a Fizzing. Somos uma agência de publicidade, marketing digital e comunicação 360° com especialistas em Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads e campanhas de anúncios segmentados. 

Conte conosco para construir e enriquecer suas listas de lookalike, criar campanhas segmentadas e otimizar suas ações de marketing digital, trazendo melhores resultados. 

Entre em contato: https://fizzing360.com.br/contato/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Converse com um especialista

Receba um diagnóstico digital grátis do seu marketing.

Nossa equipe vai te mostrar o que está ou não funcionando e qual caminho seguir para aumentar suas vendas.

Agende com um de nossos especialistas