Marketing emocional: conexão e proximidade

marketing_emocional

Você lembra de algum anúncio ou propaganda que fez você se emocionar? Lembra quando costumavam apontar pessoas sensíveis como aquelas que “choram até com propaganda”? O marketing emocional tem justamente esse objetivo e sempre fez parte da publicidade brasileira. Agora, chegou a hora de entender como ele funciona e aplicar à sua marca.

Todos nós temos duas formas de tomar decisões: racional e emocional. Por mais que a gente não se dê conta, a maior parte das decisões diárias são instintivas, emocionais e menos racionais. Portanto, quando queremos que um consumidor escolha pelo nosso produto ou serviço, devemos lembrar que a tomada de decisão será feita de forma mais emocional e menos racional.

Emoções e o impacto no Branding

As emoções que despertamos em nossos usuários e consumidores impactam diretamente na forma como eles se conectam com a nossa marca, sendo, no final de tudo, uma poderosa estratégia de Branding.

Por exemplo, quando um anúncio causa felicidade em uma pessoa, a tendência é que essa pessoa compartilhe aquele conteúdo, o que, consequentemente, causará um aumento de reconhecimento de marca. Quando pensamos nas redes sociais, esse compartilhamento pode aumentar de forma exponencial a exposição.

As emoções e a sua marca

As marcas estão saindo, cada vez mais, de um espectro puramente institucional e se transformando em parte do nosso dia a dia. Quase como uma pessoa próxima, com posicionamentos e preferências próprias. Com as emoções, não é diferente. Sua marca precisa sentir também. Qual é o caminho para buscar como a sua marca se sente?

Personificação da marca

A personalidade da marca é a identificação com o público-alvo e, é através dela, que podemos buscar entender como o público se sente e se posiciona sobre determinados momentos e fatos.

O que você quer que seus usuários façam?

Quando lançamos uma campanha, precisamos pensar em como nossos clientes e usuários vão se sentir quando forem impactados por ela. Se você busca valorizá-los, explore campanhas que os façam divulgar seus trabalhos e artes, por exemplo.

Conecte-se com o que importa para o seu cliente

Uma das formas mais utilizadas para explorar a conexão emocional entre a marca e seus usuários e clientes é o uso de um objetivo em comum. Por exemplo, a Dinamicar Pneus, cliente da Fizzing 360º, sabe que no atual momento que estamos vivendo, há muitas famílias passando por necessidades financeiras devido à crise econômica que o Rio de Janeiro passa.

marketing_emocional_campanha_dinamicar

Ao lançar a campanha #TamoJuntoRJ, que reverte parte dos lucros para a compra de cestas básicas, e ao chamar os usuários para participar desse movimento, colocamos a emoção acima da razão, focando no que importa nesse momento: ajudar a quem mais precisa.

Estratégia de marketing digital e emocional é na Fizzing 360º

Assim como as estratégias de Marketing Digital, quando o Marketing Emocional entra no cenário de planejamento, é essencial ter uma equipe especializada e preparada para conduzir a ação de forma assertiva e otimizada. Entre em contato com a Fizzing 360º, agência de marketing digital, para saber mais sobre planejamento estratégico, criação de identidade visual e gestão de anúncios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *