Homem discutindo com mulher que está ao notebook | Uso pessoal das redes sociais nas empresas: permitir ou proibir?

Uso pessoal das redes sociais nas empresas: permitir ou proibir?

 
FacebooktwitterpinterestlinkedinFacebooktwitterpinterestlinkedin

Com o surgimento da internet móvel, ficou impossível deixar os colaboradores das empresas distantes das redes sociais, plataformas essenciais para o marketing digital, inclusive institucional e empresarial. Por isso, muitas organizações começam a pensar se vale mesmo proibir o uso dentro do local de trabalho, uma vez que o funcionário pode ter acesso através de dispositivos móveis como smartphones e ipads, e o uso clandestino por parte desse funcionário pode ser mais maléfico à rotina de trabalho do que o uso liberado dessas ferramentas.

Vantagens e desvantagens do acesso livre às redes sociais

O tema vem sendo bastante discutido nos departamentos internos que cuidam das rotinas de trabalho dos funcionários. Ao mesmo tempo em que as redes sociais podem ser ferramentas de integração com a própria empresa, elas podem servir como distração e causar a queda de rendimento e produtividade.

Com cada vez mais empresas apostando em mídias sociais, como ter um perfil na rede se seus próprios funcionários não podem acessá-lo do local de trabalho? Esse paradoxo não é nada bom para o marketing digital e o relacionamento da empresa com os funcionários, e deve ser evitado.

Como solucionar o impasse?

A solução não é proibir, e sim educar e conscientizar os colaboradores das empresas, uma estratégia utilizada pela comunicação interna. A exemplo dos fumantes, que para cada cigarro fumado, perdiam 10 minutos, e, consequentemente, esses minutos eram acrescentados no horário de trabalho fazendo-o fumar menos, cobrar resultados dos colaboradores é uma boa prática, pois o influencia a usar as ferramentas de forma consciente. Estando em dia com as obrigações na empresa, e sabendo dosar a intensidade do uso, liberar as redes sociais no trabalho parece ser o melhor caminho a se seguir.

MARCAS DEVEM INVESTIR NAS REDES SOCIAIS

Hoje o mundo é digital! Por isso, muitas empresas estão se adaptando a este novo cenário e formas de trabalhar. Além disso, a transformação digital está levando cada vez mais as marcas para as redes sociais. A dosagem do uso das plataformas pelos colaboradores deve ser uma questão a ser discutida pela equipe de RH, mas a Organização sem dúvidas deve buscar a modernização, trabalhando uma comunicação institucional e humanizada através dos perfis sociais.

Você deve se perguntar por qual motivo – Simples! O mercado valoriza marcas que humanizam suas atividades e interagem com seus consumidores. Além de fidelizar estes, as marcas podem conquistar novos admiradores e clientes. Claro que para essa comunicação ser assertiva é necessário um planejamento de marketing digital elaborado.

COMUNICAÇÃO DIGITAL NA FIZZING 360º

Antes de implementar qualquer tipo de ação, estratégias de marketing empresarial e digital devem ser estudadas com cautela por uma equipe qualificada no assunto. A Fizzing 360º, agência de marketing e publicidade, possui especialistas em planejamentos de marketing que atuam no mercado há anos. Entre em contato conosco!

Fale com a gente pelo WhatsApp e veja como podemos revolucionar o seu negócio!

FacebooktwitterpinterestlinkedinFacebooktwitterpinterestlinkedin
The following two tabs change content below.
Avatar

Andrielle Bressane

Jornalista com um quê de publicidade. Tem no marketing digital a possibilidade de trabalhar com geração de conteúdo para WEB. Atua também como supervisora de conteúdo na agência Fizzing Marketing Digital.
Avatar

Latest posts by Andrielle Bressane (see all)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *