6 dicas para mandar bem no marketing B2B

Já ouviu falar em mercado B2B (business to business)? Ele nada mais é do que um mercado em que empresas vendem serviços ou produtos para outras empresas. Fornecedores de matéria-prima, marcas de automação industrial, transportadoras terceirizadas e, é claro, agências de publicidade são alguns exemplos. 

Obviamente, empresas do setor B2B têm processos completamente diferentes dos negócios B2C (business to consumer), que são focados em consumidores finais, pessoas físicas. E, já que o público-alvo é distinto, nada mais justo do que criar estratégias de marketing específicas, para um target mais qualificado. 

Veja algumas dicas para se destacar neste mercado e vender ainda mais.

1 – Entenda bem suas personas 

Apesar dos negócios B2B estabelecerem relações com outras empresas, eles ainda precisam convencer intermediários. Nesse caso, os tomadores de decisão. 

Por isso, no fim das contas, você ainda está falando com pessoas. Entenda o perfil dos gestores, gerentes e demais profissionais responsáveis pela parte administrativa das empresas para as quais você pretende vender seus produtos e serviços: 

  • Quais redes sociais eles acessam? 
  • Que tipo de conteúdo gostam de consumir? 
  • O que levam em conta na hora de escolher um parceiro? 
  • Quais problemas estão enfrentando no seu dia a dia de trabalho que você poderia resolver? 
  • Qual tipo de linguagem eles usam? 

2 – Invista em leads qualificados 

Ao contrário de negócios B2C, nos quais as empresas costumam receber um grande fluxo de visitas em suas páginas oficiais e redes sociais, os negócios B2B são mais restritos. 

Afinal, não se tratam de produtos e serviços de alto giro (com uma grande quantidade de vendas), mas de baixo giro (com uma quantidade de vendas menor, mas envolvendo valores bem mais altos). Por exemplo: uma empresa que vende equipamentos de automação para indústrias não terá tantos compradores quanto outra que vende cerveja. 

Por isso, aqui importa mais a qualidade do que a quantidade. Invista em estratégias de anúncios de redes sociais, como LinkedIn Ads, e Google Ads mais segmentados e específicos. Conte com a Fizzing para te ajudar nisso. 

3 – Produza conteúdo qualificado 

Lembre-se: em negócios B2B você está falando com outros empresários. Não são pessoas que vão comprar um produto por impulso ou para satisfazer um desejo momentâneo. 

Dessa forma, o conteúdo produzido nas suas peças de comunicação precisa ser bem rico, mostrando aspectos técnicos do produto ou serviço que você vende, cases de sucesso, depoimentos, resultados em números etc., com um teor bem mais prático e racional. 

Confira alguns exemplos de conteúdos que podem funcionar: 

  • Informações do mercado: caso sua empresa ofereça serviços de consultoria ou administrativos, é bom mostrar que você está sempre antenado com as últimas tendências do mercado. Newsletters, e-books e blogposts com notícias atualizadas são uma ótima forma de fazer isso. 
  • Prova social: gestores são muito criteriosos na hora de escolher uma prestadora de serviços ou fornecedora. Por isso, compartilhar  depoimentos favoráveis dos seus clientes no site e nas redes sociais pode passar bastante credibilidade. 
  • Números e cases: outra maneira de gerar credibilidade para o seu negócio de forma prática é mostrar resultados que sua empresa alcançou. Exemplos: aumentamos em X% as vendas do cliente Y; diminuímos em Z horas o tempo de entrega dos nossos clientes; conquistamos N novos clientes para a empresa W. 
  • Dicas e guias: reforçar para o cliente que você entende os processos do negócio dele e sabe como resolver os problemas que ele está enfrentando pode ser um bom caminho para gerar um relacionamento duradouro. Crie e-mails, blogposts e conteúdos de redes sociais com dicas de como diminuir gaps no processo produtivo, vender mais, atrair mais clientes, reduzir custos etc. 

4 – Crie relacionamentos duradouros com seus clientes 

Como já falamos no segundo tópico, negócios B2B envolvem um número menor de clientes e leads. Por isso, cada contato que você consegue vale ouro e deve ser alimentado constantemente com conteúdo de qualidade, durante toda a sua jornada de compra.  

Não só antes da venda, mas depois também. Afinal, fidelizar no mercado B2B é questão de sobrevivência. Para isso, a estratégia do funil de vendas e processo de inbound marketing são essenciais. 

5- Use bastante o LinkedIn

O LinkedIn é a rede onde estão os gestores e CEOs mais importantes. Então, sua empresa precisa produzir conteúdos pensados para se destacarem nesta plataforma.

Além disso, pensar em uma estratégia de marketing que contemple campanhas nesta rede social é primordial, já que é possível definir qual o cargo, área de atuação da empresa e outras opções mais sofisticadas de segmentação, garantindo maior assertividade dos seus anúncios.

6 – Contrate uma agência de marketing digital e publicidade 

Para facilitar os processos de gerar leads qualificados, produzir conteúdos para cada etapa do seu funil de vendas e atrair novos parceiros para o seu negócio, você pode contar com a expertise de uma agência de Marketing Digital, como a Fizzing 360º. 

Temos mais de 300 cases de sucesso em B2B, com trabalhos incríveis para clientes de diversos setores. Entre em contato para conhecer melhor nossos serviços: https://fizzing360.com.br/contato/ 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Converse com um especialista