BBB: 4 lições de marketing que aprendemos com o programa

Robozinho do bbb em um fundo azul, com o texto "4 lições de marketing do BBB"

Há quem diga que o BBB 22 flopou. No entanto, basta uma passada rápida nas redes sociais para ver que o programa segue rendendo assunto, mesmo com os menores índices de audiência em relação à última edição.   

Goste ou não, o Big Brother Brasil ainda é um elemento importante da cultura pop brasileira. Por isso, deve ser visto com atenção por todo profissional de marketing, publicidade ou comunicação que queira estar antenado com o público e as últimas tendências. 

Confira algumas lições de marketing que você pode aprender com o reality. 

1 – Inserção de marca deve ser feita com sabedoria 

A inserção de marcas ou produtos dentro de programas, séries, filmes, novelas e vídeos de terceiros pode dar certo quando ela agrega algum valor ao conteúdo que está sendo exibido, sendo colocada dentro do contexto em vez de atrapalhar a experiência dos espectadores.

O BBB sempre trouxe cases criativos de inserção de marcas e merchans – em especial na prova do líder. Além da alta visibilidade (é um dos momentos mais importantes do reality), cada prova tem uma dinâmica e regras diferentes, as quais podem ser adaptadas para reforçar o storytelling e o conceito do anunciante. 

Um bom exemplo desse ano foi o da Lojas Americanas. Na prova de resistência, os participantes ficaram em um carrossel, fantasiados como produtos da rede que estavam em promoção durante a semana do consumidor. Toda vez que o carrossel parava, um dos participantes era “escaneado” (com direito a fumaça no rosto) e a oferta aparecia no telão: 

https://globoplay.globo.com/v/10377917/

Outro bom exemplo recente foi a Fiat, que usou a superprova (valendo anjo e líder, ao mesmo tempo) para divulgar o SUV Pulse: novo carro da marca. Nela, os participantes deveriam construir uma estrada da casa do BBB até a “fábrica” do novo carro, em Betim: 

https://globoplay.globo.com/v/10230176/

Alguns participantes também aproveitaram para divulgar seus próprios negócios. O melhor case foi o da Boca Rosa, que usou o espaço do BBB 20 para mostrar sua linha de maquiagem, aplicando os produtos no dia a dia. Inclusive, as vendas bombaram quando a make da influenciadora se manteve firme e forte, mesmo após um momento de choro da sister.  

Post de Instagram, com foto na qual a influenciadora e ex-bbb Boca Rosa aplica um nude sobre os lábios para divulgar sua linha de maquiagens.

2 – A importância dos influenciadores 

Falando em influencers, eles foram um fator essencial para a retomada da audiência do BBB, que já estava em queda há algum tempo. 

Percebendo que a velha fórmula estava ficando defasada, a Globo mudou o critério de seleção dos brothers. Em vez de chamar apenas anônimos, criou o esquema Pipocas x Camarote, misturando pessoas comuns com outras mais conhecidas, em especial influenciadores digitais. 

A estratégia deu certo, uma vez que trouxe a audiência dos fãs desses artistas e produtores de conteúdo. Sem falar em toda a repercussão que o reality passou a ganhar nas redes sociais. Por isso, investir nessas novas celebridades pode ser uma ótima forma de alavancar sua marca. 

3 – Os memes e trending topics como forma de impulsionar sua comunicação 

O BBB 22 mostrou como memes e assuntos do momento podem ser aproveitados na comunicação de uma marca, principalmente quando usados com bom humor e criatividade. O importante é “entrar na conversa”, surfando na onda para gerar engajamento. 

A Magazine Luiza, por exemplo, aproveitou o fato de muitas pessoas estarem curiosas pelo posicionamento da ex-mulher do Pedro Scooby, a atriz Luana Piovani: 

Outra marca que tem aproveitado bastante o hit do BBB nas redes sociais é o McDonald’s: 

Tweet do McDonald's brincando com a falta de sorte da participante do BBB 22 Eslovênia, trazendo o seguinte texto: "um belo dia a Eslô veio no méqui e pediu um CBO e um McFish. O resto vcs já sabem o que aconteceu."

Teve até empresa usando a repercussão do merchan mal sucedido no programa para entrar na brincadeira. Foi o que aconteceu com a Downy e a 99. 

A Downy foi chamada de “Dôni” pela ex-participante Naiara Azevedo durante a prova do líder. Já a gafe do também ex-participante Rodrigo Mussi foi ainda pior: ele confundiu a 99, que estava patrocinando o almoço do anjo, com a sua principal concorrente, a Uber. Ambas as marcas aproveitaram a zoeira que veio após a falha: 

99 respondendo a um tweet da Downy ironizando o fato de a Naiara ter errado o nome da marca na prova. Texto da Downi: "Errando nosso nome, Maiara?". Texto da 99: "Ih, amiga, já me chamaram de coisa pior, relaxa".

Por isso, é sempre bom monitorar as redes sociais em busca de novas formas de gerar engajamento. 

4 – A importância de planejar sua comunicação com antecedência 

Pensar a médio e longo prazo é fundamental para uma estratégia de comunicação bem executada, inclusive em redes sociais. Tudo bem que há novas tendências e oportunidades surgindo no caminho, como falamos no tópico anterior, mas algumas datas e acontecimentos podem ser previstos. 

Por exemplo: a ex-BBB Manu Gavassi, que participou da edição de 2020, planejou seu conteúdo antecipadamente, de forma que pudesse ser usado durante os 93 dias de confinamento. As postagens tinham como temática acontecimentos que provavelmente já podiam ser previstos: paredão, prova do líder, anjo, eliminação… 

Quando algum desses fatos ocorria, bastava a equipe subir o post: 

Outra sister que mandou bem nas redes sociais foi a Juliette, campeã do ano passado, que levou não só o prêmio milionário, como uma legião de novos seguidores: 

Post do Instagram com foto da ex-BBB Juliette cantando em um fundo laranja, com o seguinte texto: "faltam 06 dias para a mais nova cantooooura do Brasil chegar à final do BBB. Dependemos de você".

Então, planejamento sempre! 

Gostou das dicas? 

Deixe nos comentários o que achou dos insights e algum outro caso do BBB que você recorde. E conte com uma agência que está sempre antenada às novidades do mercado para fazer sua marca ficar em evidência.

 
Vem pra Agência de Marketing Digital e Comunicação Fizzing 360º.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Converse com um especialista